Huawei planeja vender seu negócio de cabos submarinos, diz agência

Imagem retirada de https://www.tudocelular.com/mercado/noticias/n142470/huawei-vende-sua-empresa-de-cabos-submarinos-de-fibra-otica.html
Imagem retirada de https://www.tudocelular.com/mercado/noticias/n142470/huawei-vende-sua-empresa-de-cabos-submarinos-de-fibra-otica.html

A fabricante chinesa Huawei planeja vender seu negócio de cabos de telecomunicação submarinos. É o que mostra o documento de um comprador revelado nesta segunda-feira, 3. Trata-se da primeira grande movimentação da empresa desde que os Estados Unidos colocaram a Huawei numa lista negra de empresas que ameaçam a "segurança nacional", acusando-a de ser um veículo de espionagem pró-Pequim.

A Hengtong, empresa chinesa de cabos de energia e fibra óptica, disse na documentação que fez um acordo com a Huawei na última sexta-feira, 31, para comprar 51% da participação na empresa de sistemas marinhos da Huawei, a Huawei Marine. O documento não revelou o preço da negociação.

A Huawei se recusou a comentar o assunto, quando contatada pela Reuters. A venda da rede de cabos submarinos acontece em um momento delicado: o negócio principal da Huawei, a fabricação de equipamentos de rede de telecomunicação e smartphones, é alvo de debate mundial - os Estados Unidos têm se esforçado para persuadir aliados que os produtos da Huawei representam um risco à segurança. A Huawei nega as acusações de espionagem.

Em março, em uma reportagem do jornal Wall Street Journal, um oficial de segurança dos Estados Unidos disse que a suspeita de risco de segurança em relação aos produtos da Huawei se estende aos cabos submarinos da empresa.

Cabos submarinos são a rede principal do tráfico global de internet. A Huawei Marine, que é uma empresa da Huawei e da companhia britânica Global Marine, já participou de 90 projetos ao redor do mundo e construiu 50 mil quilômetros de cabos, incluindo um cabo de 6 mil quilômetros que conecta a África e a América do Sul - o projeto foi finalizado em setembro do ano passado.

O setor de marinha da Huawei registrou um lucro líquido de US$ 16,6 milhões na última temporada fiscal, de acordo com o relatório anual da empresa. A Global Marine não respondeu a pedidos de comentário sobre o assunto.

Fonte: Terra

Pesquisar